Noticias   
     ::  O que a ACS oferece?
     ::  Histórico
     ::  Diretoria
     ::  Atualize-se
     ::  Notícias
     ::  Fale Conosco
     ::  Fotos
     ::  Pesquisar Associado
     ::  Links
     ::  Videos
     ::  Tornar-se Sócio
     ::  Ofícios
     ::  Página Inicial
 

Projeto de aumento para PM/BM é aprovado em 1ª votação na Alego


23/04/2014
Após quinze dias de muitas negociações junto aos deputados estaduais e ao governo do Estado foi aprovado nesta quarta-feira, 23/04, na Comissão Mista e no plenário da Assembleia Legislativa, em primeira votação, o projeto de aumento aos ativos, inativos e pensionistas da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Estado de Goiás. E graças a um intenso trabalho da Associação dos Cabos e Soldados e dos Subtenentes e Sargentos o aumento não estará vinculado à receita líquida do Estado, como foi sugerido pelo governo.

De acordo com o presidente da Associação dos Cabos e Soldados, sargento Gilberto Cândido de Lima, a desvinculação foi possível graças a uma emenda do líder do governo, deputado Fábio de Souza (PSDB) que o tempo todo defendeu o aumento e as mudanças no projeto do Executivo. Dessa forma os reajustes aos militares e bombeiros vão ser pagos durante os próximos quatro anos. Agora no final de 2014 o aumento será de 18,5% e em 2015, 2016 e 2017 serão pagos 12,33%, a cada ano. Nesta quinta-feira, 24/04, o projeto volta a ser apreciado em plenário e tudo indica que será aprovado e encaminhado para sansão pelo governador Marconi Perillo.

O sargento Gilberto Cândido de Lima ressalta o esforço e o empenho da Associação dos Cabos e Soldados e da Associação dos Subtenentes e Sargentos pela aprovação do projeto, tão importante para os policiais e bombeiros goianos. Há mais de um ano as duas entidades militares negociavam com o governo do Estado a correção nos soldos. Uma luta que começou ainda com o então presidente da ASSEGO, Maxuelo Braz de Paula, e que foi continuada pelo hoje presidente da entidade subtenente Luiz Cláudio Coelho de Jesus. A conquista desse benefício representa mais uma vez o esforço e credibilidade das associações e de seus líderes na defesa dos interesses de seus associados e dos demais militares ativos, inativos e pensionistas da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Goiás.

O reajuste é um anseio antigo na Polícia Militar e Bombeiro Militar, por isso a ACS e a ASSEGO nunca deixaram de lutar pelo mesmo. Sem falar que se tratava de uma promessa de campanha do atual governo. Para o presidente da ACS, Gilberto Cândido de Lima, essa nova forma de fixação dos vencimentos na corporação vai promover justiça no soldo especialmente dos Praças que com as promoções, terão melhores salários e ascensão na carreira militar. “Estamos muito felizes por mais esse importante benefício aos nossos associados. Além de outras conquistas sabemos que o melhor para todos é mais dinheiro no bolso e a garantia assegurada em lei que o reajuste será pago independente de governo” finaliza Gilberto.

O presidente da ACS aproveitou também para agradecer aos associados que sempre acreditaram e lutaram por melhorias salariais e das condições de trabalho do militares goianos. Ele lembrou, após a votação do projeto, que mais uma vez a Associação dos Cabos e Soldados saiu na frente e convocou aqueles que desconfiavam do trabalho da entidade a entrar na luta por mais benefícios, como o Regime Próprio de Previdência dos Militares (RPPM), outra bandeira de luta que a ACS e ASSEGO vão encampar para conseguir aprovação ainda este ano.

Assessoria de Imprensa da ACS

 

 

Ajude a salvar vida de nossa Bombeira Suzeli

23/04/2014
 Ajude a vida de nossa Bombeira Suzeli ganhar um novo rumo. Ela necessita com urgência de um doador de medula óssea, compatível.

Suzeli é soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, tem 29 anos, e descobriu a doença em março de 2013. Ela foi diagnosticada com leucemia do tipo LLA (leucemia linfoide aguda - resultantes de uma produção anormal dos leucócitos nas células sanguíneas, tais células tornam-se rapidamente numerosas, porém imaturas e malignas).

Na época, o tratamento foi realizado com quimioterapia e os resultados apontavam melhoras. Porém, em março deste ano, voltou a apresentar sintomas da doença, sendo diagnosticado então reincidência de maneira mais agressiva e com o transplante de medula óssea única alternativa para cura. Não há na família doadores compatíveis.
Atualmente, Suzeli está internada recebendo medicação direta, em tratamento muito agressivo.
O CBMGO está em Campanha para ajudar. Estamos empenhados em buscar o maior número de possíveis doadores para salvar a vida de nossa Militar.


Veja como é fácil ser um voluntário:

1)      Basta comparecer ao  Hemocentro dos municípios de Goiânia, Catalão, Ceres Rio Verde e Jataí,  portando documento pessoal.
2)      Ter entre 18 e 54 anos.
3)      Coletar apenas 5 a 10 ml de sangue para o teste de compatibilidade.
4)      O tempo para realizar o teste é de apenas  15 minutos.

 

 

Aviso


Informamos aos companheiros que de acordo com informações repassadas pelos Deputados Julio da Retifica e Marcos Martins, o governo aceitou a proposta das categorias em desvincular o aumento salarial de possível incremento de receitas e retornando as parcelas para o mês de novembro. A previsão sera a primeira votação na tarde desta quarta-feira.
"Juntos somos Fortes".

 

 

Programa Ronda Policial 19.04.2014


 

 

 

 

Reajuste salarial dos militares será votado na terça e na Quarta feira (15 e 16)

14/04/2014
O Projeto de Lei que estabelece os critérios para reajuste salarial para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, já foi encaminhado pelo governador de Goiás, Marconi Perillo, para a Assembleia Legislativa de Goiás a fim de que seja apreciado e votado pelos Deputados daquela casa de Leis.

Sendo que a relatoria do projeto ficará a cargo do Deputado Estadual Marcos Martins. Escolhido pelo Governador por ser um Deputado da Base do Governo.

O reajuste salarial dos Policiais Militares será, nos mesmos termos que foi concedido à Polícia Civil. A votação do projeto deverá acontecer na terça e na quarta-feira (15 e 16).
O presidente da ACS Gilberto Candido de Lima, convida todos os Policiais e Bombeiros Militares para que compareçam ao plenário da Assembleia Legislativa.

A presença de todos é de suma importância para a aprovação do projeto e evitar pedidos de Vistas por algum deputado.

 

 

Programa Ronda Policial 12 04 2014


 

 

Armas doadas pelo DF serão usadas por policias do Simve em Goiás

11/04/2014
PM-GO afirma que os mil revólveres calibre .38 nunca foram usados. Corporação espera incluir 1,3 mil agentes temporários até o final do ano.
Segundo a Polícia Militar de Goiás, os mil revólveres calibre 38 doados pela PM do Distrito Federal nunca foram usados e serão utilizados pelos policiais do Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual (Simve). “Não poderíamos armá-los com pistola, até por causa da legislação que não permite. Esse revólver é para um policiamento de presença ostensiva em evento, shows, praças. Não é para um policial que vai fazer serviço de combate”, afirma o comandante de apoio logístico da PM-GO, coronel Washington Luiz Alves Cavalvante.

A PM em Goiás garante que o pedido de doação do armamento não significa que corporação tenha défict de armas. “A PM tem pistola suficiente para toda a tropa efetiva, cerca de 12,5 mil armas calibre 40. Nós esparamos incluir mais 1,3 mil policias temporários até o final do ano. Já temos 400 armas e chegando mais as mil vamos conseguir atender essa demanda futura”, explica Cavalcante.
Ainda segundo o coronel, a expectativa é de que a doação chegue ao estado ainda nesta semana, mas as armas só devem ser utilizadas quando forem concovados os novos policiais do Simve. Ele adianta que as armas serão entregues aos agentes após formatura no curso de treinamendo na Academia de Polícia Militar, mas os revólveres não podem ser levados para a casa pelos policiais temporários.

Doação

 Os mil revólveres foram descartados pela Polícia Militar do DF já que a corporação deixou de usar o modelo para adotar a pistola de calibre .40. As armas seriam entregues e destruídas pelo Ministério da Defesa, mas foi feito o pedido de doação pela corporação em Goiás.
A autorização foi publicada no Diário Oficial do DF na útima sexta-feira (4).  A PM do DF ainda vai manter um lote de mil revólveres que será utilizado no treinamento de novos policiais. As armas, no entanto, não serão usadas durante o trabalho de rua.
Polêmica

 Ao todo, 1,3 mil reservistas já foram estão em atuação em Goiás pelo programa do Simve. Eles passaram por um curso rápido e recebem menos da metade do salário de um policial militar. O programa, específico para ex-reservistas com idades entre 19 e 27 anos e que tenham concluído o ensino médio, tem como objetivo que os militares atuem no patrulhamento de Goiânia em grandes festas e eventos.
O Simve é motivo de polêmica, principalmente entre candidatos de um concurso da Polícia Militar. Apesar de terem sido aprovados em todas as fases do processo, as notas obtidas por eles não foram suficientes para alcançar as vagas disponíveis no edital do concurso.

O grupo argumenta que o estado deveria abrir novas vagas, expandindo o cadastro de reserva, tendo como base a contratação dos policiais temporários. Para os candidatos do concurso, a contratação demonstra que há demanda e esta poderia ser ocupada por eles, e não pelos temporários.

Fonte: G1 Goiás

 

 

CBMGO abre seletiva para Jogos Mundiais de Bombeiros 2014

10/04/2014
A Coordenação das Competições Operacionais do CBMGO, realiza nos próximos dias 05 a 09 de maio uma seletiva como um dos critérios para a seleção da delegação que representará o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás nos Jogos Mundiais de Bombeiros 2014, que ocorrerão na cidade de Los Angeles, de 15 a 24 de agosto do ano corrente.

As Competições Operacionais serão disputadas nas seguintes modalidades: Bombeiro de Aço, Corrida de Escada, Orientação, Meia Maratona, Cross Country e Natação. As regras de cada modalidade serão definidas e divulgadas em Plano de Ação específico.

Siga o Twitter do Bombeiros Goiás: https://twitter.com/CBMGO

 

 

Cidades do Brasil estão entre as 30 mais violentas do mundo, Goiânia está na lista

11/04/2014
De acordo com dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU), Brasil tem 11 das 30 cidades mais violentas do mundo, seguido pelo México, com seis. Venezuela e Colômbia têm três cidades e Honduras e Estados Unidos, duas. A cidade de Goiânia ocupa a 28ª posição no ranking das cidades mais violentas do mundo, com 44,56 homicídios por 100 mil habitantes.

Além de Goiânia, foram listadas pelo levantamento das Nações Unidas: Maceió (5ª colocada) - 79,76 homicídios por 100 mil habitantes; Fortaleza (7ª) - 72,81; João Pessoa (9ª) - 66,92; Natal (12ª) - 57,62; Salvador (13ª) - 57,51; Vitória (14ª) - 57,39; São Luís (15ª) - 57,04; Belém (16ª) - 48,23; Campina Grande (25ª) - 46; Cuiabá (29ª). 
Para os pesquisadores da ONU, o elevado índice de homicídios na América Latina está ligado ao crime organizado e à violência política, que persiste há décadas nos países latino-americanos. A maior parte das mortes (66%) foram provocadas por armas de fogo. Os cartéis do narcotráfico mexicanos são citados como responsáveis pela violência também em Honduras, El Salvador e Guatemala, países que integram rotas de distribuição de drogas que têm como destino os Estados Unidos. Já na Venezuela, os assassinatos são atribuídos à violência urbana.

Segundo a ONU, Cerca de 80% das vítimas de homicídio são homens, assim como 95% dos autores dos crimes; 15% de todos os assassinatos resultam de violência doméstica e a maioria (70%) das vítimas domésticas são mulheres. Mais da metade das vítimas de homicídios têm menos de 30 anos de idade, com crianças menores de 15 anos de idade representando pouco mais de 8% de todos os homicídios.
Dos 11 municípios do Brasil no ranking das cidades mais violentas do mundo, seis vão receber jogos da Copa do Mundo: Fortaleza, Natal, Salvador, Manaus, Recife e Belo Horizonte.

As cidades mais violentas do mundo são: San Pedro Sula (Honduras), Caracas (Venezuela), Acapulco (México), Cali (Colômbia), Maceió; Distrito Central (Honduras), Fortaleza; Cidade da Guatemala (Guatemala), João Pessoas, Barquisimeto (Venezuela), Palmira (Colômbia), Natal, Salvador, Vitória, São Luís, Culiacán (México), Guayana (Venezuela), Torreón (México), Kingston (Jamaica), Cidade do Cabo (África do Sul), Chihuahua (México), Victoria (México), Belém, Detroit (Estados Unidos), Campina Grande, Nova Orleans (Estados Unidos), San Salvador (El Salvador), Goiânia, Cuiabá e Nuevo Laredo.

Fonte: Diário da  Manhã

 

 

   
 
Site desenvolvido por:
Rua 77 nº 145 CEP 74.055-090 Setor Central Goiânia - GO | Fone (62) 3212 5038 E-Mail - acs@acspmbmgo.com.br