Noticias   
     ::  O que a ACS oferece?
     ::  Histórico
     ::  Diretoria
     ::  Atualize-se
     ::  Notícias
     ::  Fale Conosco
     ::  Fotos
     ::  Pesquisar Associado
     ::  Links
     ::  Videos
     ::  Tornar-se Sócio
     ::  Ofícios
     ::  Página Inicial
 

DR JOSE MARIA SOBREIRO FALA SOBRE AÇÕES IMPETRADA PELA ACS


 

 

Corpo de Bombeiros Militar e Samu estudam parceria na região metropolitana de Goiânia

Publicado20/08/2014- Atualizado em 21/08/2014
O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) dá início nesta quarta-feira, dia 20, a uma nova etapa da parceria da Corporação com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na região metropolitana. Uma reunião entre o Comandante Geral do CBMGO, Coronel Carlos Helbingen Júnior,  e o diretor geral do Samu metropolitano, Carlos Henrique Duarte Bahia, discutiu os termos da parceria. Em princípio, as viaturas do Samu vão passar a usar os quartéis do Corpo de Bombeiros Militar como ponto de apoio, uma forma de descentralizar o atendimento à população. A partir desta quarta-feira, uma Unidade de Suporte Avançado (USA) do Samu ficará de plantão no 8º Batalhão Bombeiro Militar (8º BBM), do Parque Amazônia.  O Samu e o CBMGO já possuem um convênio de cooperação técnica que tem o objetivo de otimizar o resgate aéreo em Goiânia e na região metropolitana.

Site: CBM GO

 

 

 

 

Programa Ronda Policial 16.08.2014


 

 

Nota Falecimento

É com grande pesar que comunicamos o falecimento do Sd PM RR RG 25174 José Eloy de Souza Júnior, Segundo informações o crime aconteceu na chácara da vitima, na  manhã da última quarta-feira(13) em Itumbiara-Go (a 204 km de Goiânia). A pericia  informou que a vítima levou disparos de arma de fogo de calibre 12. Ainda de acordo com informações o policial mesmo estando armado como um revólver não teve tempo de reagir.

 
Fonte: Plantão Policial
 

 

Eduardo Campos morreu em acidente de avião

O País perde uma das maiores lideranças, morre em acidente aereo o candidato a Presidente da República e ex-Governador de Pernambuco Eduardo Campos, A Associação de Cabos e Soldados de Goiás la,emta a perca desse grande líder como também a perca de todosque se encontravam nesta aeronave, que Deus possa Confortar todas as suas famílias ! Presidente da ACS/PM/BM-GO Gilberto Cândido de Lima e toda a sua diretoria

 

 

Passagens de comando na PMGO

14/08/2014
Com o intuito prioritário de oportunizar aos oficiais superiores novas experiências profissionais, bem como o contato com a realidade operacional de diversas áreas de atuação, ocorrem com frequência mudanças nos comandos, principalmente após promoções de postos.

Para tanto, acontecerá oficialmente  Hoje, dia 14 de agosto de 2014 às 08h no auditório da SSPJ as passagens de comando das seguintes unidades da Polícia Militar de Goiás: 1º Batalhão; Batalhão do GIRO; 7º Batalhão; Batalhão de CHOQUE; Batalhão Escolar; 9º Batalhão; Batalhão do SIMVE; 31º Batalhão e 28º CIPM

Fonte: Site PMGO
 

 

 

 

Dinheiro estará na conta na sexta-feira

12/08/2014

A Receita Federal deposita na próxima sexta-feira, dia 15, mais de R$ 1,5 bilhão para1.593.513 contribuintes que estão no terceiro lote de restituições do Imposto de Renda de 2014 (ano-base 2013). A consulta já foi liberada, bem como a dos lotes residuais de 2013, 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008.

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte pode acessar o site da Receita Federal (http://zip.net/bsn4Jn) ou ligar para o Receitafone, no número 146. O valor é corrigido pela Selic (taxa básica de juros), mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização.

Fonte: O Popular

 

 

Investimento em segurança cresce 27% em três anos

12/08/2014

De acordo com dados da SSP, somente em 2013, o governador Marconi aplicou R$1,6 bilhão no setor; modernização das polícias, ampliação do efetivo e inteligência são as prioridades

A administração do governador Marconi Perillo (PSDB) realizou pesados investimentos nos últimos três anos e meio na área de segurança pública para fazer frente ao avanço da violência nas últimas décadas, registrado em todo o Brasil. Os recursos foram aplicados em melhorias salariais, na ampliação do efetivo das polícias Civil e Militar, na aquisição de equipamentos e viaturas e na reformulação dos processos de gestão do setor. De acordo com dados da SSP, os investimentos totais em segurança entre 2011 e 2013 cresceram 27% em relação aos três anos anteriores. No ano passado, o governo estadual aplicou R$ 1,6 bilhão no setor.

Na área do planejamento estratégico, a Secretaria de Segurança Pública vem atuando na condição de políticas estabelecidas para um período de dez anos, de 2012 a 2022, e no alinhamento às diretrizes do Plano Plurianual do Estado e no Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento (PAI). O principal programa é o Goiás Cidadão Seguro, que estabeleceu o alinhamento geográfico entre as circunscrições das polícias Civil e Militar, criando as chamadas Regiões Integradas de Segurança (RISPs) e Áreas Integradas de Segurança (AISPs).

O foco principal da atuação das polícias é a redução dos homicídios, com o estabelecimento de metas em comum para a redução de índices criminais, explica o secretário da Segurança, Joaquim Mesquita. Conforme ele, a SSP vem atuando na elaboração de planos de ação integrados entre as polícias Civil e Militar, de acordo com relatórios detalhados de análise criminal do fenômeno criminal.

Mesquita explica ainda que a secretaria vem atuando no monitoramento e nas avaliações contínuas através de reuniões entre os comandos, SSP e unidades policiais. “Essa metodologia empregada pela SSP recebeu aprovação do Tribunal de Contas da União, que considerou a governança e gestão em segurança no Estado de Goiás como a segunda melhor do Brasil”, lembra o secretário, citando recente relatório e parecer do TCU sobre os Estados que mais investiram a acertaram na área de governança voltada para a segurança pública.

Outro foco da atuação da administração de Marconi Perillo tem sido o fortalecimento, capacitação e profissionalização do trabalho de Análise Criminal, coleta e difusão dos números dos indicadores criminais em Goiás. Por isso, explica o secretário Mesquita, o estudo do Fórum Nacional de Segurança Pública, divulgado recentemente, colocou Goiás dentre os Estados com alta qualidade na inserção e divulgação de dados criminais.

No bojo das ações estão pesados investimentos em inteligência, essenciais para que o esclarecimento dos crimes, localização e prisão de suspeitos e sustentação sólida dos inquéritos criminais. A SSP adotou, nesta gestão, explica Mesquita, modernas ferramentas tecnológicas de inteligência, voltadas tanto para diagnósticos estratégicos da criminalidade quanto para suporte ao trabalho de investigação dos delitos. Somente em inteligência o governo de Goiás aplicou R$ 22 milhões nesta gestão.

Na última sexta-feira, o governador Marconi Perillo ampliou os investimentos nas ações de fortalecimento das investigações criminais, assinando o contrato com as empresas vencedoras da licitação do Programa Goiás Biométrico. Em até seis meses, as empresas vão digitalizar todas as fichas das carteiras de identidade emitidas pela SSP, o que  dará muito mais celeridade, conforme explicou o governador, na identificação e prisão de suspeitos de prática de crimes de todas as gravidades. O contrato assinado prevê investimentos da ordem de R$ 33,8 milhões no Goiás Biométrico.

As ações da Secretaria de Segurança Pública na atual gestão

CENTRO INTEGRADO  DE COMANDO E CONTROLE

Construção de moderno Centro de Comando e Controle integrados entre as polícias Civil, Militar, Bombeiros e sistema prisional, capaz de acompanhar em tempo real todas as ocorrências no Estado, videomonitoramento das câmeras de segurança e controle das tornozeleiras eletrônicas e viaturas policiais. Investimento de R$ 7 milhões.

SISCOP

Solução tecnológica capaz de permitir o acompanhamento, em tempo real, das ocorrências criminais, dados e localização georeferenciada das viaturas e manchas criminais. 

PROJETO GOIÁS BIOMÉTRICO

Investimento na ordem de R$ 33,8 milhões no mais moderno sistema de identificação civil e criminal do cidadão no País. As identidades poderão ser emitidas em até cinco dias. A resolução de crimes pode ganhar um acréscimo de 40%.

VIDEOMONITORAMENTO

Criação do projeto Olho Amigo, integrando o videomonitoramento das câmeras de segurança alocadas pela SSP nas regiões de maior incidência criminal, funcionando com 150 câmeras e previsão de se chegar a 500 até o final do ano.

TORNOZELEIRAS ELETRÔNICAS

Aquisição de até quatro mil tornozeleiras eletrônicas para o controle de reeducandos do sistema prisional e medidas protetivas.

PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NOS QUARTÉIS E DELEGACIAS

Chamado PDDQD, foi criado com objetivo de promover repasse financeiro desburocratizado para que as próprias unidades policiais possam realizar reformas e manutenção de suas estruturas físicas e logísticas. Já foram liberados R$ 4 milhões para reformas de 29 unidades (19 delegacias, oito bases da PM, uma unidade da Superintendência da Polícia Técnico-Científica e uma dos Bombeiros)

BÔNUS POR APREENSÃO DE ARMA DE FOGO

Através de decreto o governo determinou o pagamento do valor de R$ 200 para cada arma de fogo apreendida pelas polícias.

PROTEÇÃO DAS DIVISAS

Criado o Comando de Operações de Divisas (COD), unidade especializada da PM voltada para a proteção de nossas divisas com outros Estados, responsáveis, juntamente com as unidades de repressão a drogas da PC, por apreensões recorde de substâncias entorpecentes, armas e outros produtos ilícitos. Desde a instalação do COD, foram apreendidas mais de dez toneladas de drogas.

POLÍCIA COMUNITÁRIA

Através de ações coordenadas os policiais militares realizam patrulhamento de interação focados no contato direto com o cidadão. Reforçam esta diretriz projetos como o Ronda-Quarteirão, vizinhança solidária, patrulha ciclística, Rede de apoio a segurança (RAS) e Programa de prevenção às drogas (Proerd).

GRUPO DE TRABALHO PARA APOIO ÀS AÇÕES DE CONTROLE DE CRIMINALIDADE

Criação, pelo governo estadual, de grupo de trabalho congregando integrantes de vários órgãos e secretarias, os quais dentro de suas esferas de atribuição realizaram atividades que possam auxiliar, de forma partilhada, com os trabalhos da segurança pública.

GABINETE DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO ENTORNO DO DF

Criação de unidade específica para a gestão da segurança pública na região do Entorno do DF. Responsável por significativa redução dos indicadores criminais na região.

SIMVE

Consolidação do Serviço de Interesse Militar Voluntário, inserindo jovens egressos do serviço militar aos quadros da PM, num total de 2.600 homens.

ACADEMIA DA POLÍCIA CIVIL

Construção de uma das maiores e mais bem equipadas academia de ensino das polícias civil no Brasil.

RENOVAÇÃO,MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO NÚMERO DE VIATURAS

Terceirização da frota, com renovação e aumento do número de viaturas da forças policiais (2.141 veículos) e substituição por veículos mais modernos, potentes e sistema de rastreamento. Houve ainda economia aproximada de mais de R$ 3 milhões com relação ao contrato anterior.

AUMENTO DO EFETIVO

Crescimento do efetivo das polícias Civil, Militar, Técnico-Científica e Bombeiros em mais de 30%, com a contratação de cinco mil novos homens.

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Concessão de importantes reajustes salariais aos integrantes de todas as forças policiais, promoções capacitação e aperfeiçoamento. Promoção de mais de 9.600 PMs durante os quatro anos.

AUMENTO DA PRODUTIVIDADE DAS POLÍCIAS

Crescimento exponencial da proatividade da PM (abordagens, prisões, apreensões e recuperação de veículos) e da Produtividade da PC (Elucidação dos crimes).

Saiba Mais

SISTEMA PRISIONAL

  • Construção do Centro de Triagem no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia;
  • Construção de novos presídios em Anápolis e região do Entorno, que abrirão 1.200 vagas (todas obras em andamento);
  • PPP para construção de novas 1.600 vagas em Goiás;
  • Em projeto: autorização para transferência da gestão administrativa dos presídios para Organizações Sociais;
  • Aquisição de bloqueadores fixos de aparelhos celular;
  • Aquisição de bloqueadores móveis (tecnologia israelense) e scanner corporal.

INVESTIMENTOS

  • Somente no ano de 2013 o Estado de Goiás investiu o valor de R$ 1.603.350,13 em segurança pública;
  • Nos últimos três anos (2011 a 2013) o aumento no percentual de investimento foi de 27%.

REDUÇÃO DOS INDICADORES CRIMINAIS

  • Desaceleração no crescimento no número de homicídios entre os anos de 2010 a 2013;
  • Redução do número de homicídios no comparativo 2012/2013 em Aparecida de Goiânia (-3%), Entorno (-13%) e região noroeste de Goiânia (-12%);
  • Projeção atual de redução no número de homicídios em Goiás em 2014 na ordem de - 2,15%;
  • Projeção atual de redução no número de homicídios em Aparecida (-2,01%), Entorno (-7,34%), Região Metropolitana (-2,73 %) e Anápolis (-20,05%);

 * Dos 20 municípios mais populosos de Goiás, 13 apresentam projeção de queda no número de homicídios para o ano de 2014.

Fonte: Diário da Manhã

 

 

   
 
Site desenvolvido por:
Rua 77 nº 145 CEP 74.055-090 Setor Central Goiânia - GO | Fone (62) 3212 5038 E-Mail - acs@acspmbmgo.com.br