Noticias   
     ::  O que a ACS oferece?
     ::  Histórico
     ::  Diretoria
     ::  Atualize-se
     ::  Notícias
     ::  Fale Conosco
     ::  Fotos
     ::  Pesquisar Associado
     ::  Links
     ::  Videos
     ::  Tornar-se Sócio
     ::  Ofícios
     ::  Página Inicial
 


Sefaz libera quarta-feira salário de julho

30/07/2014
A Secretaria da Fazenda repassa nesta quarta-feira (30) recursos para os órgãos e Poderes pagarem a folha salarial do mês de julho do funcionalismo estadual. Os servidores recebem os salários na quinta-feira (31) nas agências bancárias.

Comunicação Setorial – Sefaz
 

 

Polícia Militar celebra aniversário com grande desfile militar

29/07/2014
Comunidade comparece para comemorar os 156 anos da Polícia Militar do Estado de Goiás com uma grande festa
 Poucas instituições podem ter o prazer de comemorar 156 anos de existência.  São mais de cem anos trabalhando em pró da segurança da sociedade goiana que devem ser comemorados em grande estilo.

O desfile, realizado na noite desta segunda-feira (28), no pátio da Academia de Polícia Militar,  contou com a presença de representantes do Governo de Goiás,  do Secretário de Segurança Pública e Justiça, Joaquim Mesquita , do Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Sílvio Benedito Alves,  do alto comando da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, além de autoridades civis e políticas.

O comandante geral da PM agradeceu ao apoio da comunidade e do governo de Goiás para com a Polícia Militar e ressaltou a importância histórica da instituição. As conquistas realizadas em seu comando, também foram pontuadas, como: o alto índice de apreensões de drogas no Estado de Goiás, a valorização da polícia comunitária e o estreitamento da relação com a comunidade e ações que foram empenhadas para diminuir a criminalidade em todo o Estado.

“Não posso deixar de agradecer aos meus policiais militares, oficiais e praças que fazem da Polícia Militar o que ela é hoje. Não posso deixar de falar, também, de ações como o Proerd, presente em 205 municípios goianos, do total de 248. Em nenhum momento de nossa história recebemos tantos investimentos, e em toda a nossa história , nunca foram promovidos tantos policiais militares. Esses momentos farão parte da nossa história, pois este comando é marcado pelo reconhecimento aos nossos guerreiros e guerreiras que dedicam sua vida ao comprimento do dever de ser policial militar”, enfatizou coronel Sílvio Benedito Alves.

Mas se a festa era da Polícia Militar, não era somente ela quem comemorava.  Após um curso de formação pesado em que a motocicleta se tornou parte do corpo e as habilidades e resistências foram colocadas a prova , hoje policiais militares se formaram no Curso de Intervenções Rápidas e Ostensivas (Ciro) e são os novos integrantes do Giro, responsável pelo patrulhamento motociclístico da nossa Capital.

 Durante a solenidade, policiais militares foram agraciados com as medalhas e comendas.. Para encerrar as comemorações, um grande desfile militar com alunos dos colégios militares, da Academia de Polícia, unidades especializadas como Choque, Rotam, COE, Graer e Batalhão Ambiental.
Após o desfile, os presentes foram até uma casa de show para encerrar a noite com um grande baile de gala.

Fonte: PMGO
 

 

Programa Ronda Policial 26 07 2014


 

 

Ipasgo: Reajuste de 9,95% é suspenso

 23/07/2014
Os usuários do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) sem vínculo direto com o Estado, como ex-servidores, agregados e conveniados de prefeituras, que teriam seus planos reajustados em 9,95% a partir deste mês - com desconto nos contracheques de agosto -, podem comemorar. O Instituto voltou atrás na decisão - devidamente apresentada, apreciada e aprovada, segundo o presidente Francisco Taveira Neto, durante reunião do Conselho Deliberativo do órgão - e a medida está suspensa.

Por meio de nota divulgada no início da tarde, o Ipasgo informou que atende “a determinação” do governador Marconi Perillo, e, também, que está “sensível à manifestação de servidores nos últimos dias”. De acordo com a Assessoria de Comunicação do Instituto, nada mais seria dito a respeito do assunto. A reportagem tentou contato com o presidente Francisco Taveira Neto, mas ele não atendeu às ligações.

Atualmente, em torno de 600 mil usuários se beneficiam com a assistência à saúde da rede credenciada pelo plano de saúde do Estado. O reajuste iria atingir cerca de 45% desta clientela, representando acréscimo de 4% na arrecadação do Ipasgo, estimada em R$ 80 milhões por mês - deste total, diz o órgão, R$ 74 milhões são gastos em despesas com a rede que atende aos beneficiários.

Acima da inflação

Diante do anúncio do reajuste, o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Goiás (Sindipúblico) protocolou, na tarde da última segunda-feira, uma representação junto ao Ministério Público do Estado (MP-GO), questionando o aumento nas mensalidades do Ipasgo. O Sindipúblico pediu ao órgão que solicitasse ao instituto os demonstrativos de cálculos que justificaram o reajuste em questão, bem como o resultado da consultoria para estudo/avaliação atuarial do sistema, realizado por empresa terceirizada.

Thiago Vilar, presidente do Sindipúblico, afirmou que a entidade discorda do reajuste, primeiramente, pelo porcentual de 9,95% ser superior à inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INCP) no último ano - 5,53%. Além disso, destacou, esse índice serviu de parâmetro para a data-base 2014, 5,48%, cujo pagamento foi dividido em duas parcelas - de 2,74% -, enquanto a contribuição do Ipasgo é feita de uma única vez.

Conforme apurou o POPULAR, o aumento nas mensalidades do plano de saúde estatal também não teria agradado ao governador Marconi Perillo, apontado diretamente como o responsável pela suspensão da medida. Fontes do governo ouvidas pelo jornal informaram que o chefe do Executivo não teria sido comunicado sobre o reajuste aprovado pelo Conselho Deliberativo do Ipasgo e que também o atual momento político - às vésperas da eleição - não seria o mais adequado para um aumento como esse - acima da inflação -, envolvendo uma parcela significativa de usuários do sistema (45%). A reportagem tentou ouvir oficialmente representantes do Poder Executivo sobre a suspensão do reajuste determinada pelo governador, mas todos se recusaram a falar a respeito do tema.

Fonte: Diário da Manhã

 

 

Governo detalha novos investimentos na segurança pública

23/07/2014
Serão aplicados cerca de R$ 140 milhões, até o fim do ano, em infraestrutura e equipamentos para as forças de segurança pública do Estado, conforme determinação do governador Marconi Perillo

Ogoverno de Goiás investirá pelo menos mais R$ 140 milhões, até o fim do ano, em infraestrutura e equipamentos para as forças de segurança pública do Estado. A autorização para a aplicação dos novos recursos foi assinada, na última segunda-feira, pelo governador Marconi Perillo, que despachou pessoalmente no gabinete do secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita. Na reunião, o governador também recebeu um balanço das ações recentes e o planejamento da SSPGO para até o final do ano.

Do total de recursos disponíveis, R$ 107 milhões serão investidos em obras e equipamentos (R$ 68 milhões são do governo do Estado e R$ 39 milhões oriundos de convênios com o governo federal). De acordo com o secretário Joaquim Mesquita, anualmente o governo estadual investe cerca de R$ 1,6 bilhão na segurança pública. “As coisas estão acontecendo, são vultosos os investimentos, a segurança púbica trabalha com investimento”, completou o governador.
Os recursos terão destinações diversas. Entre as obras, estão construções de estruturas da Polícia Científica e Centrais de Comando e Controle no Entorno do Distrito Federal além de novas bases para a Polícia Militar, por exemplo. Também serão adquiridos equipamentos para o Setor de Inteligência da SSP-GO, para a Polícia Técnico-Científica, 60 motocicletas para a Polícia Militar, 60 câmeras de videomonitoramento, entre outros.

Além dos R$ 107 milhões, outros R$ 33 milhões serão investidos, até o fim do ano, no Programa Goiás Biométrico. Os valores são fruto de financiamento da SSP-GO junto ao Banco do Brasil. A licitação foi realizada e a assinatura do contrato com a empresa vencedora deve ocorrer em até duas semanas.
De acordo com o chefe de gabinete da SSP-GO, Rogério Santana, o Goiás Biométrico permitirá a digitalização dos dados civis e criminais de todos os cidadãos goianos. Por meio do cadastramento de digitais, face e palma dos cidadãos será possível agilizar a emissão de documentos, controlar os cadastros de benefícios sociais e da folha de pagamento do Estado. A primeira via de uma carteira de identidade, por exemplo, poderá ser emitida em menos de uma semana.

Nos R$ 140 milhões não estão somados os recursos para renovação da frota da SSP-GO. Ainda em agosto, as forças policiais receberão 2.141 novos veículos. A novidade é que 643 veículos modelo Gol, hoje, utilizados pela PM, serão substituídos por modelos stationwagon (tipo Palio Weekend), já com habitáculo para presos.

Todas as viaturas serão monitoradas, permitindo à SSPGO acompanhar o posicionamento delas em tempo real. “Mesmo com aumento de 232 veículos em relação ao contrato atual e ao monitoramento integral, conseguimos economizar R$ 328 mil por mês”, explicou a superintendente de Gestão, Planejamento e Finanças, Luciana Daher.

Durante o expediente na SSPGO, o governador Marconi Perillo aproveitou para vistoriar as obras do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), cujo andamento está adiantado. Na edificação, que terá seis mil metros quadrados, serão concentradas atividades da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. No mesmo local funcionará a central, que reunirá em um mesmo ambiente as imagens das câmeras de segurança e o posicionamento das viaturas e dos presos que utilizam tornozeleiras eletrônicas.

O governador recebeu, ainda, um balanço das atividades recentes das forças que compõem a SSP-GO. Na área de Inteligência, informou o superintendente Marcelo Aires, foram investidos R$ 22 milhões com treinamento e equipamentos (inclusive a aquisição de um drone). Na Polícia Civil, o delegado-geral João Carlos Gorski anunciou que a Central de Flagrantes estará pronta até o fim do ano. O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Helbinger Júnior, relatou que a corporação construiu 12 novas unidades desde 2011.

Já o comandante-geral da PM, coronel Sílvio Benedito Alves, apresentou ao governador o programa de Policiamento de Quadrantes, que será implantado em Goiânia a partir da formatura dos 1.100 novos policiais militares que estão em treinamento na academia da corporação, previsto para setembro. Nessa modalidade de policiamento, os bairros da Capital foram divididos em áreas menores. Cada uma delas terá uma equipe responsável pelo policiamento diário.

“Será com esse trabalho, esse investimento e essa atuação que nós vamos reduzir os índices de homicídios e criminalidade que tanto incomodam a população.” Já o secretário Joaquim Mesquita enalteceu a importância da presença do governador na secretaria. “Foram decididos vários assuntos de muita importância. Os investimentos fazem parte do Programa Goiás Cidadão Seguro, que foi implantado há cerca de dois anos, e tenho a convicção de que já temos resultados e teremos ainda melhores”, disse.

Marconi acompanha diretamente ações no setor

O governador Marconi Perillo tem acompanhado diretamente o andamento das ações estratégicas no setor, especialmente aquelas voltadas à melhoria da gestão, que têm impacto direto no enfrentamento da violência. Assim que chegou ao pátio de Secretaria da Segurança Pública, o governador, acompanhado do secretário da área, Joaquim Mesquita, e do diretor-geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski, vistoriou as obras de construção do Centro Integrado de Comunicação e Controle, que o governador chamou de “Centro de Inteligência”, onde se concentrará toda base operacional de dados estratégicos das polícias Militar e Civil de Goiás no combate à criminalidade.

Em seguida, no auditório da secretaria, ele acompanhou a apresentação de cada um dos projetos desenvolvidos pela pasta, inclusive para captação de recursos junto ao governado federal. De acordo os dados oficiais apresentados, de 2013 e 2014, foram captados R$ 56 milhões em verbas federais, entre recursos diretos da União e emendas parlamentares. Apesar dos números, o governador lembrou que ainda são tímidos, porque Goiás investe R$ 1,6 bilhão, por ano, em Segurança Pública. “Eu vou comprar essa briga”, disse, referindo-se à defesa que faz pela criação de um Fundo Nacional específico para a segurança pública.

Também foi apresentado ao governador, pela delegada Luciana Daher, o projeto de renovação da frota de viaturas, por meio de terceirização. Serão trocadas, até o final do ano, 2.141 viaturas, adaptadas segundo as exigências da Legislação Federal, tendo o bagageiro como cela ambulante.
Também estão sendo ampliados os investimentos de inteligência, com integração dos bancos de dados de todas as instituições que operam na segurança pública. Para isso, a Superintendência de Inteligência de Segurança Pública está investindo R$ 22 milhões no projeto. Um dos principais, chamado Goiás Biométrico, prevê a criação de um Cadastro Único de Biometria.

Foram apresentadas também as principais ações desenvolvidas pela Polícia Civil, Comando-Geral da PM e Corpo de Bombeiros. O comandante-geral da PM, coronel Sílvio Benedito, informou que, em breve, mais 500 policiais do Simve iniciarão suas atividades de praça e será lançado um programa de policiamento comunitário com ações porta a porta.
Ao final da visita, no gabinete do secretário Joaquim Mesquita, Marconi despachou com cada um dos representantes das instituições que atuam na área, com foco para destravar entraves burocráticos. “Saio daqui muito feliz. As coisas estão acontecendo e dentro de um amplo planejamento”, disse Marconi ao final da audiência.

saiba mais

Agenda administrativa do governador na Secretaria de Segurança Pública

  • Inspeção das obras do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).
  • Apresentação dos veículos adquiridos por meio do programa Crack é Possível Vencer, do governo federal. São dois microônibus que funcionarão como centrais móveis de monitoramento.
  • Apresentação dos investimentos no Entorno do Distrito Federal por meio do programa Brasil mais Seguro (R$ 39 milhões).
  • Apresentação do Plano de Renovação de Frota da SSP-GO.
  • Apresentação da estruturação da área de Inteligência da SSP-GO;
  • Apresentação do Gestão de Controle Operacional (Gescop).
  • Demonstração do aplicativo Inove x Goiás, que possibilitará ao usuário acompanhar em tempo real o deslocamento da viatura que atenderá sua ocorrência e, posteriormente, avaliar a prestação do serviço. (Interno)
  • Relatório/Balanço do Programa Dinheiro Direito nos Quartéis e Delegacias.
  • Apresentação do policiamento por Quadrantes.
  • Apresentação do programa Goiás Biométrico.
  • Apresentação da obra da Central de Flagrantes.
  • Apresentação de investimentos do Corpo de Bombeiros.
  • Assinatura de autorização para investimentos de R$ 168.511.251,82 na SSP-GO. Os recursos serão utilizados na aquisição de motocicletas para o Giro, mais 60 câmeras de videomonitoramento, equipamentos para a Polícia Científica, entre outros. 
  • Fonte: Diário da Manhã
 

 

Governador dedica uma tarde para despachos na Segurança Pública

22/07/2014
O governador Marconi Perillo reuniu-se ontem, por aproximadamente três horas, com a alta cúpula da Segurança Pública para uma ampla avaliação dos projetos desenvolvidos pela pasta, que têm como foco o fortalecimento da área de inteligência policial e integração das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar.
Assim que chegou ao pátio de Secretaria da Segurança Pública, o governador, acompanhado do secretário da área, Joaquim Mesquita, e do diretor-geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski, vistoriou as obras de construção do Centro Integrado de Comunicação e Controle, que o governador chamou de "Centro de Inteligência", onde se concentrará toda base operacional de dados estratégicos das polícias Militar e Civil de Goiás no combate à criminalidade.
Em seguida, no auditório da secretaria, ele acompanhou a apresentação de cada um dos projetos desenvolvidos pela pasta, inclusive para captação de recursos junto ao governo federal. De acordo os dados oficiais apresentados, de 2013 e 14, foram captados R$ 56 milhões de verbas federais, entre recursos diretos da União e emendas parlamentares.  Apesar dos números, o governador lembrou que ainda são tímidos, porque Goiás investe R$ 1,6 bilhão por ano em Segurança Pública. "Eu vou comprar essa briga", disse, referindo-se à defesa que faz pela criação de um fundo nacional específico para a Segurança Pública.
Também foi apresentado ao governador, pela delegada Luciana Daher, o projeto de renovação da frota de viaturas, por meio de terceirização. Serão trocadas, até o final do ano, 2.141 viaturas, adaptadas segundo as exigências da legislação federal, tendo o bagageiro como cela ambulante.
Também estão sendo ampliados os investimentos de inteligência, com integração dos bancos de dados de todas as instituições que operam na Segurança Pública. Para isso, a Superintendência de Inteligência de Segurança Pública está investindo R$ 22 milhões no projeto. Um dos principais, chamado Goiás Biométrico, prevê a criação de um cadastro único de biometria.
Foram apresentadas também as principais ações desenvolvidas pela Polícia Civil, Comando-Geral da PM e Corpo de Bombeiros. O comandante-geral da PM, coronel Sílvio Benedito, informou que em breve mais 500 policiais do Simve iniciarão suas atividades de praça e será lançado um programa de policiamento comunitário com ações porta a porta.
Ao final da visita, no gabinete do secretário Joaquim Mesquita, Marconi despachou com cada um dos representantes das instituições que atuam na área, com foco para destravar entraves burocráticos. "Saio daqui muito feliz. As coisas estão acontecendo e dentro de um amplo planejamento", disse Marconi ao final da audiência.
Fonte: Diário da Manhã

 

 

Santa Catarina sedia VIII Fórum de Entidades Representativas de PMs e BMs

21/07/2014
A cidade de Florianópolis, Santa Catarina, sediará no dia 25 de julho, o VIII FÓRUM, com os temas para debate: Projeto de Lei, para tornar hediondos crimes praticados contra agentes da lei e a PEC 24 (Criação do Fundo Nacional da Segurança Pública), entre outros.
    É a primeira vez que o Encontro será realizado em FLORIANÓPOLIS. Comparecerão presidentes e diretores das associações dos subtenentes e sargentos e dos cabos e soldados de todo o Brasil.
 

  A ANERMB (Associação Nacional de Entidades Representativas dos Policiais e Bombeiros Militares) é uma associação com personalidade jurídica, sem fins lucrativos, de âmbito nacional, sem conotação político-partidária. Ela tem por finalidade congregar associações em todos os estados federativos e do Distrito Federal que desenvolvem a busca por dignidade e valorização profissional dos agentes de Segurança Pública, visando uma Segurança Pública Nacional de qualidade, e a relações entre Forças Militares Estaduais e sociedade.
 

  A Associação Beneficente e Representativa dos Subtenentes e Sargentos de Santa Catarina (ABERSSESC) e a Associação de Cabos e Soldados da Polícia e Bombeiro Militar (ACSPBMSC) são as grandes anfitriãs e responsáveis conjuntamente com a ANERMB, por toda a organização do VIII Fórum, em Florianópolis – SC.
 

  O Fórum debaterá a PEC 24 – Fundo nacional de Segurança Pública – de autoria do senador João Capiberibe. A matéria foi retirada da pauta da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e remetida a um grupo de trabalho (Comissão Especial Interna do Senado Federal) sobre segurança pública, criado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.
 

 Será lançada também a  campanha “REAJA BRASIL” para tornar hediondos crimes praticados contra agentes da lei, através da proposta de emenda à Constituição Federal,  modificando o Código Penal  e aumentando a pena dos crimes cometidos contra servidores da segurança pública – Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícias Civis, Polícias Militares, Corpo de Bombeiros Militares,  bem como Guardas Municipais, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e agentes do Sistema Penitenciário no exercício de suas funções ou em razão dela.

Fonte: Site ANERMB

 

 

Representantes da polícia do Uruguai e da Argentina palestrarão no VIII Fórum

21/07/2014
Esteban Arriada, secretário de imprensa do Sindicato de Polícia de Buenos Aires – Argentina – Sipoba – e Richar Ferreira, secretário de formação do Sindicato Policiales – Usip- Uruguai, farão palestra durante o VII Fórum da Entidades Representativas dos Policiais e Bombeiros, promovido pela ANERMB e que se realiza em Florianópolis (SC), dia 25 de julho.

Os representantes de policiais dos países vizinhos falarão sobre a situação da categoria em cada localidade e levarão informações sobre o encontro no Brasil com o objetivo de iniciar integração entre os profissionais da segurança pública.

Paulo Rogério N. da Silva
Jornalista ABAMF

 

 

Ipasgo ficará mais caro para os contribuintes

18/07/2014
O instituto de Assistência dos Servidores Público dos Estado de Goiás (IPASGO) afirmou nesta quinta-feira (17) que o reajuste anual de mensalidade cobrada aos beneficiários do instituto e dependentes do mesmo foi realizado de acordo com o que foi repassado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
As informações são do Jornal O Hoje, o qual já havia trazido na última terça-feira (15) a informação de que o plano sofreria um reajuste. O aumento no plano será de 9,95% de acordo com a publicação do periódico.

Ainda segundo a matéria publicada no jornal, o Ipasgo afirmou que não está subordinado à ANS. O instituto ainda afirmou na publicação que os valores de reajuste, variam de acordo com os vencimentos de cada trabalhador; já que as cobranças são feitas por percentuais incidentes sobre o salário recebido pelo trabalhador.

Na matéria do periódico uma nota foi divulgada pelo Ipasgo, na qual informa alguns valores e suas variações, uma das variações vistas é para aqueles que são contribuintes de forma individual e que o aumento varia de acordo com a faixa etária do beneficiado. 

Fonte: DM

 

 

Aprovado o Estatuto das Guardas Municipais do Brasil

18/07/2014
Após onze anos de discussão no Congresso Nacional, foi aprovado, ontem, o Estatuto Geral das Guardas Municipais (GM), que a partir de agora institui normas e competências referentes ao § 8º do art. 144, da Constituição Federal.

Nesta última quarta-feira,  no plenário do Senado Federal, foi aprovado o Projeto de Lei nº 39 (PL39), que trata da criação do Estatuto das Guardas Municipais de todo o País, e que nele institui normas gerais para todas as GM’s. O projeto prevê igualmente a possibilidade de municípios limítrofes constituírem consórcio público para utilizar, entre si, os serviços da guarda municipal de maneira compartilhada.

Para o comandante da GCM, Elton Magalhães, a lei federal veio confirmar todo trabalho que a Guarda Civil Metropolitana de Goiânia já vem desempenhando, especialmente na mudança de uma guarda apenas de preservação do patrimônio público, mas principalmente na preservação da vida dos cidadãos, disse.

De acordo com o projeto, as guardas municipais se incumbem de caráter civil, uniformizadas e armadas, que terão poder de polícia com a missão de proteger a vida e o patrimônio. Além de alguns princípios de atuação das GM’s: proteção dos direitos humanos fundamentais; preservação da vida; patrulhamento preventivo; proteção dos bens; prevenir e inibir infrações penais ou administrativas e atos infracionais; proteger o patrimônio ecológico; cooperar com a Defesa Civil; encaminhar ao delegado de polícia, diante de flagrante delito, o autor da infração; auxiliar na segurança de grandes eventos e de autoridades; atuar na segurança de escolas.

Outro ponto deste projeto é a determinação e fixação de linha telefônica do 153 e de faixa exclusiva de frequência de rádio aos municípios que possuem guardas municipais e, em caso de prisão, o guarda municipal deverá ser recolhido à cela, isoladamente dos demais presos.

Fonte: DM

 

 

   
 
Site desenvolvido por:
Rua 77 nº 145 CEP 74.055-090 Setor Central Goiânia - GO | Fone (62) 3212 5038 E-Mail - acs@acspmbmgo.com.br